JQUERY RADIO PLAYER and WORDPRESS RADIO PLUGIN powered by WordPress Webdesign Dexheim and FULL SERVICE ONLINE AGENTUR MAINZ
20.2 C
Lisboa

Nersant: Programa Call FIT financia projetos na área do Turismo

A Associação Empresarial da Região de Santarém informa em comunicado que estão abertas até 14 de abril as candidaturas à Call FIT – Fostering Innovation in Tourism, iniciativa da Portugal Ventures que pretende promover o acesso ao financiamento de capital de risco para projetos inovadores no setor do turismo. As candidaturas – que dão acesso a um investimento de 150 mil euros a cada projeto selecionado – são realizadas exclusivamente através da rede de parceiros da Portugal Ventures, que a NERSANT integra.

São elegíveis à Call FIT – Fostering Innovation in Tourism, projetos nacionais inovadores na área do turismo, quer se tratem de projetos não tecnológicos ou tecnológicos, em fase de pré-seed, com ou sem empresa criada, e que apresentem pressupostos para a sua viabilidade económica. Os projetos candidatos devem contribuir para o desenvolvimento da oferta turística do país, para o aumento da competitividade das empresas no setor e para a melhoria da experiência do turista.

No âmbito dos projetos não tecnológicos, são elegíveis atividades e experiências de animação turística relacionadas com o património cultural / paisagístico, com a descoberta de novos territórios, aproveitamento de recursos endógenos e/ou revitalização de espaços de interesse cultural; e o alojamento turístico inovador ou que tenha ligação direta à promoção da cultura ou do ambiente, incluindo construção ou reconstrução. Hotéis de Design, Hotéis Boutique, eco resorts e similares; alojamentos inovadores (glamping, barcos casa e similares); operadores turísticos; parques temáticos; turismo náutico, turismo equestre e enoturismo; e empresas de animação turística são exemplos de alguns projetos não tecnológicos que podem ser apoiados por esta Call.

No âmbito dos projetos tecnológicos, são elegíveis iniciativas que apresentem soluções que permitam melhorar a eficiência das empresas do setor do turismo e da sua oferta de produtos e serviços, nomeadamente projetos orientados para o produto (bens transacionáveis & serviços), inovadores e diferenciadores; suscetíveis de proteção da tecnologia e patentes; inseridos em cadeias globais de valor; e com significativo potencial no mercado. São exemplos de projetos tecnológicos candidaturas no âmbito da inteligência artificial (IA); realidade virtual e aumentada; internet of things (IoT); eletrónica; mobile; cleantech; robótica; marketplaces; e software ou hardware que melhore a experiência turística.

últimos artigos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva um comentário
Por favor, o seu nome