A Águas do Ribatejo (AR) tem uma nova fatura ao cliente. A empresa decidiu apostar nas cores azul e verde e tornar mais fluída a sua leitura.  “Queremos estar cada vez mais próximos dos nossos clientes. Para isso, entendemos ‘refrescar’ a nossa imagem, reforçar a nossa presença nas redes sociais e renovar a fatura, tornando-a mais simples, intuitiva e informativa. Num único documento, o cliente tem acesso a toda a informação dos serviços de água saneamento e resíduos.”, explica Francisco Oliveira, Presidente do Conselho de Administração da Águas do Ribatejo, citado em comunicado de imprensa.

A nova fatura  continuará a chegar a casa dos clientes via correio, mas aa empresa apela aos clientes que continuem a aderir à fatura eletrónica.

Em papel ou no digital, a fatura apresenta os elementos referentes aos vários serviços (água, saneamento e resíduos), e as entidades a que se destinam as respetivas receitas, englobando a  água, saneamento e resíduos. “O cliente pode saber a média diária de consumo em litros avaliando assim o seu desempenho na eficiência hídrica e controlando os seus hábitos de consumo e respetivos custos”, enfatiza a empresa.

 

Nova fatura da Águas do Ribatejo

 

​“Visão, coesão, sustentabilidade continuam a ser palavras-chave na estratégia de garantir a sustentabilidade da empresa com um tarifário socialmente justo e critérios de qualidade e segurança que colocam a AR num nível de excelência”, continua a reforçar Francisco Oliveira, presidente do Conselho de Administração da Águas do Ribatejo.

A AR informa ainda que criou um canal no Youtube com vídeos de informação e sensibilização sobre a atividade e investimentos da empresa e com divulgação das ações no âmbito da responsabilidade social e ambiental, estando previsto para breve o lançamento da página no Facebook.

Para quem pretende ter a informação sobre a empresa sempre à mão, pode aderir também à aplicação MyAQUA disponível no balcão digital. A MyAQUA permite ter acesso às faturas, comunicar leituras ou realizar vários outros serviços 24 horas por dia.

Artigo anteriorHospital de Vila Franca com número recorde de Centros de Responsabilidade Integrada
Próximo artigoLélio Lourenço: “Não nos TAPem (mais) os olhos!!”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva um comentário
Por favor, o seu nome