JQUERY RADIO PLAYER and WORDPRESS RADIO PLUGIN powered by WordPress Webdesign Dexheim and FULL SERVICE ONLINE AGENTUR MAINZ
16.9 C
Lisboa

ASASC homenageia um dos comerciantes mais antigos de Samora Correia

Claudino Pernes Serrano foi agraciado com o prémio “Samoreno de Ouro” pela Associação Social Amigos de Samora (ASASC), no passado dia 16 de março, numa gala com muitos convidados e repleta de emoções. Claudino Pernes Serrano é o rosto da Drogaria Serrano à beira da Nacional 118, Avenida O Século, na cidade de Samora Correia onde trabalha há 77 anos.

O homenageado, de 87 anos, trabalha desde os 10 anos de idade, e “é uma pessoa muito querida na comunidade”, refere em nota de imprensa a associação. Acompanhado da filha Ana Sofia e do neto Rodrigo, Claudino Serrano emocionou-se quando a vice-presidente da Câmara Municipal de Benavente, Catarina Vale, e o presidente da Junta de Freguesia de Samora Correia, Augusto Marques entregaram uma placa comemorativa e um ramo de flores.

O homenageado agradeceu esta distinção, e sublinhou que o trabalho “nunca foi um sacrifício”. “Levanto-me com vontade de estar com as pessoas”, disse num vídeo realizado na Drogaria Serrano e que ilustrou o momento. Serrano recordou outros tempos em que as famílias iam abastecer-se em carroças e carros puxados por cavalos que ficavam presos nas argolas que ainda persistem no edifício.

Filho de um rural da Companhia das Lezírias e de uma camponesa, cedo revelou ser “um rapaz inteligente e curioso que gostava de aprender com os mais velhos.” “Fez-se homem a pulso com a educação refinada dos pais analfabetos, mas com valores que ainda hoje preserva”.

Em Samora Correia, a sua drogaria mantém a traça original. Tem milhares de artigos arrumados em locais que só ele conhece. Claudino Serrano serviu quatro gerações de clientes. E de todos guarda recordações.

Esta gala que assinalou os 9 anos da ASASC contou com cerca de 300 convidados, e homenageou assim o comércio tradicional da freguesia. Foram entregues os prémios do concurso “É Natal em Samora” que distinguiu várias lojas entre os vários candidatos.

Esta iniciativa, contou ainda com a colaboração da “Companhia das Lezírias” que existe desde 1836. Nesta iniciativa, atuaram ainda o Rancho Folclórico Ceifeiras e Campinos da SFUS. Os cantores João Caniço e Catarina Foguete a Tuna da SFUS (Sociedade Filarmónica União Samorense).

A ASASC tem 750 associados e apoia dezenas de famílias com alimentos, móveis, medicamentos, roupas, artigos de higiene. A associação assegura ainda apoio social, judiciário e psicológico e tem tido um papel fundamental na integração de imigrantes que vieram viver para a freguesia. Criada em 2015, o objetivo da associação, passa também pela promoção da cidadania e defesa dos interesses da freguesia com 18 mil habitantes e uma área de 322 km2.

últimos artigos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva um comentário
Por favor, o seu nome