JQUERY RADIO PLAYER and WORDPRESS RADIO PLUGIN powered by WordPress Webdesign Dexheim and FULL SERVICE ONLINE AGENTUR MAINZ
14.1 C
Lisboa

Azambuja: Concertos da Feira de Maio passam para o jardim urbano

A vila de Azambuja está a preparar-se para receber de 23 a 27 de maio mais uma edição da Feira de Maio. Ao Valor Local, o presidente da Câmara de Azambuja, Silvino Lúcio, sublinha que o certame deste ano encerra profundas alterações no que toca ao recinto e também à própria logística.

Este ano, sublinha o autarca à Rádio Valor Local, os grandes concertos vão passar para o Jardim Urbano Dr. Joaquim Ramos no centro da vila.

Estes são eventos que trazem mais público, e que por isso merecem um palco diferente. A sugestão foi também deixada pela Proteção Civil Municipal. Por este palco vão passar Los Romeros, e o cantor Richie Campbell, sublinhando, o autarca, que o jardim urbano “comporta uma audiência maior”.

Segundo o presidente da Câmara, “a ideia é juntar, e não dispersar”. “Queremos que a vila fique com vida”, algo que não se verificou, refere, em anos anteriores, quando a autarquia colocou os grandes concertos fora do centro urbano, sendo esta uma forma de poupar também na logística.

O autarca revela ainda que os divertimentos vão sair do local atual, onde se realiza o mercado mensal e passarão para a zona do pavilhão municipal.

Com efeito, também a praça das freguesias regressa ao Páteo do Valverde, local onde esteve no passado “e onde mantém todas as condições para que as coletividades representem as suas freguesias”.

No entanto, Silvino Lúcio refere que as alterações não se ficam por aqui. A tertúlia CCM que realiza a habitual festa dos anos 80 no Largo de Palmela também contará com um novo ambiente para o seu palco. O autarca foi sensível ao pedido dos organizadores, que através da Rádio Valor Local, deram conta do desejo de fazer esta festa na Praça do Município.

A verdade é que nos últimos anos, esta festa granjeou muitos participantes, enchendo por completo aquele largo, que mesmo requalificado, segundo Silvino Lúcio, não consegue absorver o número de público que adere à iniciativa, cuja verba reverte para os bombeiros locais.

últimos artigos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva um comentário
Por favor, o seu nome