A Unidade de Acção Fiscal,  através do Destacamento de Acção Fiscal de Lisboa, no passado sábado, apreendeu 186 artigos contrafeitos. A ação que decorreu no mercado de Allandram levou ainda à identificação de três indivíduos, dois homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 47 e os 55 anos, que se dedicavam à comercialização destes artigos contrafeitos.

Segundo uma nota da GNR, os militares da Guarda fiscalizaram diversas bancas no Mercado de Alhandra, onde se encontravam para venda, entre outros, vários artigos contrafeitos, designadamente roupa e calçado de diversas marcas, com um valor estimado que pode ascender aos 1860 euros.

Na mesma nota, a GNR, sublinha que “o objetivo principal deste tipo de ações é salvaguardar os direitos da propriedade industrial, visando essencialmente o combate à contrafação, imitação, ao uso ilegal de marca e à venda de artigos contrafeitos”.

 

Artigo anteriorLegislativas 2024: Álvaro Beleza defende entendimento entre PS e PSD
Próximo artigoLélio Lourenço: “Como chegámos aqui”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva um comentário
Por favor, o seu nome