O Hospital de Vila Franca de Xira, EPE, assinalou, dia 6 de junho, a finalização do processo de contratualização de nove Centros de Responsabilidade Integrada (CRI), oito da área cirúrgica e um da área médica. Trata-se de um número recorde de adesão a este instrumento no Serviço Nacional de Saúde.

Os CRI são estruturas orgânicas de gestão intermédia, dependentes dos conselhos de administração das entidades públicas empresariais do SNS, que têm autonomia funcional e que estabelecem um compromisso de desempenho assistencial e económico-financeiro, negociado para um período de três anos. No fundo funcionam um pouco à semelhança das Unidades de Saúde Familiar implementadas nos centros de saúde no que diz respeito à sua missão e intervenção. O ministro da Saúde, Manuel Pizarro, numa recente intervenção referiu que os CRI “são mais atrativos para fixar os profissionais que recebem incentivos financeiros pelo desempenho”. Algo que se espera possa ter também reflexos nesta unidade de saúde.

Citado em comunicado de imprensa, Carlos Andrade Costa, presidente do Conselho de Administração do Hospital de Vila Franca de Xira, salientou a adesão de todos os serviços cirúrgicos das diferentes especialidades  que agora se constituem em CRI bem como a especialidade de Pneumologia. “Com esta medida teremos maior autonomia, e conseguimos aproximar a decisão médica de quem mais precisa dela, no fundo o utente”.
“A criação destes CRI são um reflexo da dinâmica das equipas e da sua capacidade. Não teria sido possível sem a motivação de todos”. O responsável acrescentou ainda que tem sido levado a cabo “um grande investimento tecnológico na unidade de saúde” que se prepara para adquirir mais uma torre cirúrgica 3D.

Os CRI são geridos por um conselho de gestão que é constituído pelo diretor, que preside, por um administrador hospitalar ou outro profissional com experiência comprovada de gestão em saúde e por um profissional da equipa multidisciplinar.

Artigo anteriorOrçamento Participativo Escolar do Cartaxo já tem vencedores
Próximo artigoÁguas do Ribatejo aposta em nova imagem das faturas

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva um comentário
Por favor, o seu nome