O histórico militante socialista, Álvaro Beleza, defende um “acordo de cavalheiros” entre os principais partidos, PS e PSD, no caso de nenhum deles atingir uma maioria confortável, nas próximas eleições de 10 de março.

Álvaro Beleza é uma das personalidades socialistas que tem estado no epicentro da sucessão de Antánio Costa, sendo uma voz importante em vário setores, nomeadamente na economia e na saúde.

Na Rádio Valor Local, o militante socialista vincou que se o PS e o PSD não tiverem maioria absoluta deverá existir “uma espécie de ‘gentlemen agreement’” (acordo de cavalheiros), não escrito, em que o PSD possa evitar o retorno da geringonça, e permita ao governo do Partido Socialista governar se ficar à frente do PSD. Já no caso de uma vitória do PSD, que o PS viabilize o governo de Luís Montenegro para que não tenha de fazer um acordo com o CHEGA. Para  Álvaro Beleza, os “portugueses não são estúpidos” e na sua opinião esse possível acordo de cavalheiros “seria algo bonito de se ver”. Álvaro Beleza foi o convidado especial do programa “Café Central” na Rádio Valor Local, transmitido na última sexta-feira, tendo feito elogios a Pedro Nuno Santos, o qual apoia, considerando-o um político corajoso.

Artigo anteriorEste Natal a Mercadona vai doar 90 toneladas de Alimentos
Próximo artigoGNR apreende artigos de contrafação no mercado de Alhandra

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva um comentário
Por favor, o seu nome