O Orçamento Participativo Escolar voltou a convocar os alunos dos dois agrupamentos de escolas do concelho do Cartaxo para debater ideias e propor soluções para as suas escolas.  As assembleias participativas decorreram no Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita do Cartaxo e no Agrupamento de Escolas D. Sancho I de Pontével. As propostas vencedoras vão receber um total de 10 mil euros do orçamento da Câmara Municipal – 5 mil euros para cada agrupamento.

No Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita do Cartaxo, foram apresentadas duas propostas – A Nova Casinha, pela turma 5.º C e Campo de Jogos para Todos, pela turma 5.º G. A vencedora, com mais de 70% por cento dos votos positivos dos 20 eleitores que constituíram a assembleia, foi a proposta Campo de Jogos para Todos, que propôs modificar o terreno escolar criando um campo para a realização de jogos desportivos e outras atividades, tanto potenciadoras de regras de convivência e de socialização, como capazes de fortalecer o espírito de comunidade e pertença à escola.

No Agrupamento de Escolas D. Sancho I de Pontével, foram apresentadas duas propostas – Tornar o Ambiente Escolar mais Agradável, pela turma 5.º A e A Vida é Radical – Parede de Escalada, pela turma 5.º C. A vencedora, com mais de 78% por cento dos votos positivos dos 23 eleitores que constituíram a assembleia, foi a proposta Tornar o Ambiente Escolar mais Agradável, que propôs embelezar o espaço interior e exterior da escola, transformando-a numa tela para dar largas à imaginação e à arte, na qual  pinturas de animais e outras figuras se tornam capazes de transmitir serenidade e energia positiva.

“Campo de Jogos para Todos” a mais votada no Agrupamento Marcelino Mesquita

O Orçamento Participativo Escolar envolve toda a comunidade educativa  

A Câmara Municipal do Cartaxo, organiza o Orçamento Participativo Escolar em parceria com os agrupamentos de escolas e associações de pais. Os alunos e as alunas são desafiados a desenvolver propostas que possam dar resposta ao que consideram prioritário para as suas escolas.

As propostas são votadas em assembleias participativas, uma por cada agrupamento de escolas. A Câmara Municipal do Cartaxo reserva 10 mil euros do orçamento municipal para este projeto que visa promover a participação e o exercício de uma cidadania empenhada no bem-estar de toda a comunidade.

Artigo anteriorSMAS de Vila Franca apostam na sensibilização ambiental com a mascote “Ciclo”
Próximo artigoHospital de Vila Franca com número recorde de Centros de Responsabilidade Integrada

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva um comentário
Por favor, o seu nome