24.2 C
Lisboa

Surto de lagarta do pinheiro debelado na Santa Casa de Azambuja

Um surto de lagarta do pinheiro aconteceu esta sexta-feira, dia 2 de fevereiro, na Santa Casa da Misericórdia de Azambuja. De acordo com o provedor da instituição, Vítor Lourenço, ao Valor Local, o episódio foi rapidamente controlado com a presença no local do INEM e da Proteção Civil. O efeito tóxico da processionária do pinheiro causa desde dermatites até dificuldades respiratórias.

A pronta atuação no terreno evitou o pior. Apenas uma funcionária e uma criança tiveram de tomar medicação para o efeito. Segundo apurámos uma criança foi ao Hospital de Vila Franca de Xira, mas apenas por precaução. Uma hora e meia depois da identificação do surto, a normalidade foi retomada na instituição, que periodicamente efetua um tratamento nos pinheiros através da injeção de um líquido para prevenir o aparecimento da lagarta do pinheiro, contudo as alterações climáticas com as temperaturas acima da média para esta altura do ano terão espoletado o quadro em causa.

Na próxima segunda-feira, dia 5 de fevereiro, vão estar equipas no local para desinfestação e cura das árvores bem como do pavimento, ao mesmo tempo a IPSS com as suas diversas valências prossegue com a sua atividade normalmente

últimos artigos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva um comentário
Por favor, o seu nome