JQUERY RADIO PLAYER and WORDPRESS RADIO PLUGIN powered by WordPress Webdesign Dexheim and FULL SERVICE ONLINE AGENTUR MAINZ
14.1 C
Lisboa

Xira Sound Fest cimenta a sua posição de festival da juventude

Longe dos tempos do “Xira Jovem” que em Vila Franca de Xira fazia a delícia dos jovens dos anos 80 e 90, o “Xira Sound Fest” assume agora as rédeas junto de uma população mais exigente e com outros gostos musicais. E está de regresso na sua segunda edição de 8 a 11 de maio.

O certame, da responsabilidade da Câmara de Vila Franca de Xira, que foi apresentado, na passada semana, na Escola Secundária D. Martinho Vaz de Castelo Branco, na Póvoa de Santa Iria, que vai para a sua segunda edição, pareceu agradar aos estudantes presentes, conhecedores das bandas e tendências do momento nacional.

A edição deste ano integra nomes sonantes como Nuno Ribeiro, Bárbara Bandeira, Nenny, Syro, Karetus, Filipe Karlsson e Virgul que vão pisar o palco principal no Parque Urbano do Cevadeiro em Vila Franca de Xira.

O evento, que se estende a todo o concelho e que integra a programação de “Maio, Mês da Juventude” apresenta ainda outras nuances, como desporto, exposições e muito mais.

Com um saldo de 16 mil espetadores no ano passado, o Xira Sound Fest 2024 promete continuar a inovar e nesta edição, todos os espetáculos terão interpretação em linguagem gestual, com o intuito de tornar mais inclusiva esta iniciativa com o título “O Som do Silêncio”.

O presidente da Câmara, Fernando Paulo Ferreira, sublinha que este projeto, estará em “todos os concertos” que serão “interpretados também com a língua gestual portuguesa, para que quem não ouve, possa acompanhar a interpretação do que se está a passar”.

Câmara volta a apostar no transporte gratuito

Outra das novidades, prende-se com os transportes gratuitos, que segundo o presidente da Câmara, Fernando Paulo Ferreira, é uma aposta que se justifica pela falta de transportes a horas mais tardias, quer a norte do concelho, desde a Castanheira do Ribatejo, ao sul do concelho mas também nas ligações entre o Parque das Nações e a sede de concelho.

“Nós garantimos este ano um comboio às duas da manhã de Vila Franca de Xira para o Parque das Nações na Estação do Oriente, para que todos os jovens consigam ficar até o fim a assistir aos concertos e, igualmente, para os jovens que residem a norte de Vila Franca de Xira através de uma rede de autocarros para o efeito”, segundo o autarca.

Sobre eventuais paralelismos com o antigo Xira Jovem, Fernando Paulo Ferreira, que também viveu essa época, sublinha que este festival é “completamente diferente”. O autarca sublinha que “a época é outra, bem como a dimensão, a oferta, a realidade do associativismo e da juventude que também são completamente diferentes do que eram nos anos 80 e nos anos 90. E, portanto, este é um festival do presente, não é um festival do passado”.

Na edição de 2024 há também o incremento da componente de “street food” (comida de rua) no recinto e a presença de comércio local vocacionado para esta tipologia de eventos. O município de Vila Franca sublinha assim que esta edição servirá como “plataforma de promoção de uma candidatura aos ‘Bairros Comerciais Digitais’” ao abrigo do Plano de Recuperação e Resiliência.

últimos artigos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva um comentário
Por favor, o seu nome