JQUERY RADIO PLAYER and WORDPRESS RADIO PLUGIN powered by WordPress Webdesign Dexheim and FULL SERVICE ONLINE AGENTUR MAINZ
14.1 C
Lisboa

Câmara de Vila Franca obtém financiamento de 20 milhões de euros para a obra da escola de Vialonga

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira viu ser aprovada a candidatura da Escola Básica 2,3 e Secundária de Vialonga tendo em vista a sua requalificação, ao abrigo do programa “Escolas Novas ou Renovadas” do Programa de Recuperação e Resiliência (PRR)

O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara, Fernando Paulo Ferreira, na sua intervenção durante a Assembleia Municipal Ordinária, no dia 18 de abril, sublinhando que “é um momento particularmente importante para nós”. O investimento total é de cerca de 20 milhões de euros, dos quais 17 milhões 055 mil euros são comparticipados pelo PRR.

A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira apresentou, em Março de 2023, uma candidatura à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) para realização de obras urgentes neste estabelecimento de ensino. Essa candidatura foi depois reformulada, para incluir custos de realojamento dos alunos enquanto decorrerem as obras de requalificação, assim como o custo do mobiliário e equipamento, previstos nas verbas do PRR. Dias antes de ter recebido a notícia, o presidente da Câmara de Vila Franca, em declarações ao Valor Local, falava na urgência em ver esta candidatura aprovada.

Autarquia espera por verbas do IHRU tendo em vista obras nas habitações da antiga Promocasa

Mas a preocupação do autarca incide ainda no campo da habitação com compromissos assumidos no passado. Fernando Paulo Ferreira diz, ao Valor Local,  que a Câmara Municipal já adquiriu o património habitacional da ex-cooperativa Promocasa e que em causa estão 129 habitações “que vão ficar ao serviço das comunidades mais desfavorecidas”.

O presidente recorda que a autarquia adquiriu estas casas ao abrigo de uma candidatura já aprovada pelo Instituto de Reabilitação Urbana (IRU). “Estamos à espera que o Estado transfira o dinheiro, e é mesmo necessário que isso seja feito, porque trata-se de uma aquisição de 2 milhões e 400 mil euros, verba que faz muita falta aqui à Câmara Municipal”.

Para o autarca, estes são os projetos mais urgentes para o município. “Eu diria que estes são mesmo urgentíssimos, mas há outras situações que também estão em curso” sublinha.

Nos próximos dias, Fernando Paulo Ferreira vai pedir audiências aos novos governantes, vincando que está na disposição de se deslocar aos “gabinetes dos senhores ministros, para tratar dos assuntos de interesse para a nossa comunidade”.

 

últimos artigos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva um comentário
Por favor, o seu nome