31.5 C
Lisboa

Está de regresso o Colete Encarnado, agora com mais um prémio

O Colete Encarnado regressa à cidade de Vila Franca de Xira já nos próximos dias 5,6 e 7 de julho. Recentemente, a “festa maior” de Vila Franca somou mais um prémio. Desta vez, o evento venceu o prémio 5 Estrelas na categoria “Festas Feiras e Romarias” para o distrito de Lisboa, entregue pela Five Stars Consulting. A distinção foi entregue em março, mas só agora divulgada pelo município durante a apresentação da edição deste ano do Colete Encarnado. esta de regresso o colete encarnado

Fernando Paulo Ferreira, presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, sublinhou, entretanto, que esta distinção é bem-vinda e está em linha com aquilo que estes festejos representam.

Ao Valor Local, o autarca sublinha que as entidades que atribuíram este prémio, “consideraram que o Colete Encarnado é a festa mais típica do distrito de Lisboa”. “Efetivamente tiveram razão, modéstia à parte porque na AML, é a festa mais típica que marca o calendário do ano e que faz bem a ponte entre a grande cidade e o Ribatejo”.

A juntar a esta distinção, o presidente da Câmara, voltou a recordar que o Colete Encarnado venceu o Concurso das 7 Maravilhas, e que também isso culmina “num reconhecimento que é sempre agradável de receber por entidades externas que reconhecem o nosso esforço para dar corpo e consistência ao Colete Encarnado, mantendo, claro as tradições”, reforçou.

Na edição de 2024, para além de algumas novidades no que toca à logística, o município vai criar duas zonas dedicadas às famílias com crianças- junto ao tribunal e ao edifício da proteção civil.

A par disto, muitas outras iniciativas vão acontecer no Colete Encarnado. O certame, apresenta como habitualmente uma vertente musical, este ano, entregue a David Carreira e aos Anjos, e claro as habituais esperas de toiros nas principais ruas da cidade que estarão fechadas ao trânsito durante todo o fim de semana.

O presidente da Câmara destaca estas largadas como um “cartão de visita” da cidade e recorda que, “tudo foi feito para receber até previsivelmente 300 mil pessoas, quer ao nível da logística, quer ao nível da segurança”.

Outra das componentes deste certame, é o a Homenagem ao Campino, que decorre na tarde de sábado junto à Câmara Municipal. Este ano a autarquia vai homenagear o campino Joaquim Júlio Ruivo Correia, “conhecido como Matateu e que leva, no Pampilho de Honra, o tributo póstumo a Manuel Rodrigues Borda d’Água”. “É também um momento alto da nossa festa”, sublinha o autarca.

A festa não se faz sem a participação das tertúlias vilafranquenses, que apresentam um programa diferente e desta vez fora do jardim municipal, numa zona mais central “para que outras pessoas possam partilhar”. Para além dos momentos de convívio, as tertúlias de Vila Franca organizam ainda palestas e outras iniciativas.

Ainda no lado da tauromaquia, há a destacar a habitual corrida de toiros, a realizar-se no último dia da festa na Praça de Toiros Palha Blanco.

últimos artigos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva um comentário
Por favor, o seu nome