20.9 C
Lisboa

Concelhia do PSD de Azambuja visita bombeiros para se demarcar da vereação laranja

O PSD de Azambuja tem estado numa tentativa de mudar a página. A nova concelhia presidida por Margarida Lopes, quer ir ao “terreno” contactar com as pessoas e com as instituições do concelho, é dito numa nota de imprensa da concelhia.

Numa das últimas semanas, a nova estrutura lançou a iniciativa “Roteiro para a Mudança”, com o objetivo de levar a cabo vários encontros de trabalho “para melhor conhecer as dificuldades e as legítimas aspirações das diferentes instituições, associações e coletividades do concelho de Azambuja”, segundo a nova presidente.

Margarida Lopes reuniu-se com a direção dos bombeiros, presidida por António José Matos e com a nova comandante Thays Freixo, para se inteirar dos problemas e anseios da associação. Para alem da reunião, a comitiva deslocou-se ainda à Central Municipal de Operações de Socorro (CMOS).

A comitiva, composta por elementos da estrutura local, contou ainda com a presença do vice-presidente do Grupo Parlamentar do PSD, deputado António Rodrigues, coordenador das áreas da Segurança e Proteção Civil.

A presidente da Comissão Política do PSD justificou o início deste périplo pelos bombeiros com o facto desta associação ser “um exemplo quase centenário de serviço ao próximo e à comunidade”.

Recorde-se que em setembro os vereadores do PSD, Rui Corça e José Paulo Pereira, envolveram-se numa polémica pública com os bombeiros de Azambuja e com o comandante à época, Ricardo Correia, a propósito do financiamento da Câmara de Azambuja para a compra de um novo veículo de desencarceramento.

Margarida Lopes assegura que “esse mau momento já passou” e que o PSD Azambuja a que preside “respeita as Instituições e o trabalho que desenvolvem a favor das pessoas e da comunidade”, numa crítica à forma como o PSD na Câmara conduziu aquele processo. “Não vai voltar a haver guerras pessoais entre dirigentes do PSD Azambuja e elementos das nossas instituições”, refere, tentando demarcar-se ao máximo da vereação laranja.

Ao Valor Local, o presidente da associação, António José Matos, também vice-presidente da Câmara, eleito pelo PS, viu “com bons olhos” esta iniciativa do PSD, sublinhando que teve assim, a oportunidade de dar a conhecer as dificuldades e o dia a dia desta associação.

últimos artigos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva um comentário
Por favor, o seu nome