31.5 C
Lisboa

Ricardo Teixeira vai liderar PS de Vila Franca de Xira

Ricardo Teixeira é o homem que se segue na liderança da concelhia socialista de Vila Franca de Xira. A decisão foi tomada no dia 20 de junho depois de se reunir com alguns militantes.

A exercer funções atualmente como ajunto do presidente da Câmara, Fernando Paulo Ferreira, Ricardo Teixeira, há muito que é um homem do partido. Com uma militância de cerca de 30 anos, assume agora esta tarefa de liderar a comissão política local, que terá como missão principal as autárquicas de 2025.

Em declarações ao nosso jornal, Ricardo Teixeira justifica esta decisão “pela necessidade de reforçar a dinâmica das estruturas locais do Partido Socialista, agregando-as e impulsionando-as para uma vitória nas eleições autárquicas de 2025”.

Ricardo Teixeira, lembra o trabalho feito pela anterior comissão política, que deu pela primeira vez todas as juntas de freguesia ao Partido Socialista, e assegura que nesta nova fase “saberemos renovar e rejuvenescer ideias e equipas, mantendo o foco no essencial” e afirma que este é “o único projeto de transformação para o concelho, capaz de melhorar a qualidade de vida das pessoas, de gerar territórios verdadeiramente metropolitanos, de criar empregos e de requalificar o espaço público”.

Já Fernando Paulo Ferreira, presidente da Câmara, sublinhou ao Valor Local, todo o seu apoio a Ricardo Teixeira. O autarca que não se quis alongar, destacou os valores e a linha defendida pelo candidato, que ao que tudo indica liderará uma lista única.

Ricardo Teixeira terá a missão de “agregar” o PS de Vila Franca de Xira em alguns locais do concelho e encontrar soluções para algumas freguesias, como é o caso de Alhandra, São João dos Montes e Calhandriz, onde Mário Cantiga, já não poderá ser recandidato por força da lei.

A ser eleito, sucederá a Diana Mota que assumiu interinamente o cargo, depois da renúncia ao mandato do então presidente da concelhia, Paulo Afonso.  À época, em janeiro último, alegou também ao Valor Local, questões pessoais e profissionais para esta decisão, dando a entender que a sua vida cívica está, agora, mais comprometida com o projeto da Cerci Póvoa, onde é dirigente, do que com a política.

Havia, no entanto, no horizonte uma outra candidatura à concelhia. João Pedro Baião, atualmente vereador no município, informou, entretanto, que não avançaria. Esta foi de resto a única indicação do autarca, que ao que sabemos, não chegou a ter sequer uma lista.

Em Vila Franca de Xira, as eleições serão a 3 de julho. A edição do Colete Encarnado fará com que as eleições sejam antecipadas dois dias, em relação ao resto das concelhias socialistas.

O Valor Local sabe que Flávia Pimenta vai liderar uma lista única à secção de Vila Franca, com o apoio da anterior presidente de Câmara e deputada Maria da Luz Rosinha.

Esperança Câncio candidata-se à secção de Alhandra, e Ana Cristina Pereira à liderança das Mulheres Socialistas do concelho.

últimos artigos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva um comentário
Por favor, o seu nome